© 2018 Mulheres Cannabicas

August 7, 2019

February 22, 2019

February 5, 2019

Please reload

Posts Recentes

Cannabis e agricultura familiar

Diante da perspectiva de regulamentação da cannabis nos próximos anos, para fins medicinais, científicos, recreativos e industriais, é importante discutir as possibilidades regulatórias e suas implicações. Levando em conta a especificidade do contexto brasileiro, especula-se que nos próximos anos a cannabis venha a ocupar um importante espaço na área agrícola.

 

É possível que a regulamentação da cannabis venha a favorecer não os latifundiários, historicamente favorecidos, mas os pequenos produtores e agroindústrias familiares?

 

 

Convidamos o professor dr. João Luiz Homem de Carvalho para uma conversa sobre esse assunto. Consideramos que o seu conhecimento acerca da estrutura e dos processos agrícolas no país pode contribuir para a discussão das possíveis formas de regulamentação e produção da cannabis. Sua experiência na visita oficial ao Uruguai pode trazer elementos práticos e comparativos sobre as possibilidades para o contexto brasileiro. Sua orientação decrescentista pode nos apontar direções para que a regulamentação da cannabis seja uma forma de promover uma distribuição mais justa dos recursos.

 

Você se identifica com o tema e tem mais pra acrescentar e contribuir??? Entre em contato com a gente!

 

_____

 

Os Cannabinautas é um projeto que tem como objetivo a divulgação científica em linguagem acessível de temas científicos relacionados à cannabis.  O projeto é ligado ao grupo de estudos sobre Sistema Canabinoide e saúde, sediado no Instituto de Biologia da Universidade de Brasília (UnB) e criado em 2014, sob orientação do neurocientista e professor Dr. Renato Malcher Lopes.

 

______

 

João Luiz Homem de Carvalho é professor da Universidade de Brasília, no Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (CEAM), onde leciona as disciplinas: Agricultura Alternativa e Decrescimento: consumir menos para viver melhor. É engenheiro agrônomo, com doutorado em Bioquímica da Nutrição Animal. Foi diretor da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA), Integrante do Núcleo coordenador da RBDS - Rede Brasileira pelo Decrescimento Sustentável e Pequeno produtor rural orgânico (certificado pela Ecocert).

João Luiz foi secretário da agricultura do GDF durante o governo de Cristovam Buarque.

Durante seu tempo enquanto secretário, promoveu uma inversão nas prioridades tradicionais da área, capacitando o pequeno produtor a tornar-se proprietário de sua agroindústria familiar.

Implantou programa de produção, beneficiamento e comercialização que promoveu a criação de agroindústrias familiares e a inserção do pequeno produtor no mercado por meio da produção de artigos alimentares de qualidade.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga